MIBR pode estar de volta ao cenário competitivo

MIBR pode estar de volta ao cenário competitivo

Uma potência está prestes a renascer

Uma das principais organizações de e-sport do Brasil, Made in Brazil (MIBR), que fez sua fama no Counter Strike - pode estar de volta ao cenário competitivo brasileiro. A TEAMPLAY apurou que Paulo "pvell" Velloso e Marcelo Rodante (Sócio Diretor da Connection Gaming), serão parceiros nessa jornada de reconstrução da equipe mais vitóriosa de todos os tempos no Counter Strike brasileiro. 

O MiBR encerrou suas atividades em 2012 e desde então, o público que sempre acompanhou o cenário competitivo brasileiro especulava a sua volta e hoje, após um post inédito depois de anos de Facebook inativo, a organização anunciou que ouviu o chamado do público.

As equipes de CS do MiBR contou com alguns dos melhores jogadores que o Brasil já teve, como Raphael "cogu" Camargo (atualmente na INTZ), Bruno "bit" Fukuda (atualmente Keyd Stars), Renato "nak" Nakano (atualmente Keyd Stars), Bruno "ellllll" Ono, Lincoln "fnx" Lau (atualmente na Luminosity Gaming) Carlos Henrique "KIKOOOO" Segal, Rafael "pava" Pavanelli (atualmente Santos.DEX), Wellington "ton" Caruso e tantos outros que trouxeram pelo menos um título ou resultado expressivo para organização, que tem no seu currículo, eventos internacionais como:

1. ESWC 2006 
1. Dreamhack Winter 2007
1. ShgOpen 2007
1. GameGune 2008
1. CPL Brasil 2005
1. CPL Chile 2005
1
. IEM III American Championship Finals 2008
2. CPL Brasil 2006 
2. IEM III Global Challenge Los Angeles 2008
3. IEM III Global Challenge Montreal 2008
4. KODE5 2006


MIBR campeão da ESWC 2006

Não podemos esquecer também que o MiBR foi a primeira organização brasileira a importar jogadores como os noruegueses Ola "elemeNt" Moum (estrela do SK-Gaming) e Jonas Alsaker "bsl" Vikan. A equipe também contou com o sueco Johan "Vesslan" Ryman - como coach da equipe.

Comentários